A vida nem sempre nos dá o que queremos mas dá-nos sempre o que necessitamos

.posts recentes

. Good morning sunshine!

. Constatação #3

. Constataçao #2

. Do fim de semana

. Escapadinha

. Os Especialistas

. Constatação

. Good morning holiday!

. Harry Potter e os Talismã...

. Good luck!

.arquivos

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

.Julho 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
18
21
24
25
28
31

.Estante

. pedaços meus

. gostos

. cinema

. escapadinhas

. homens da minha vida

. leituras

. lições

. 25abril

. constatação

. ecplise lunar

. musica

. restaurantes

. teatro

. todas as tags

Em destaque no SAPO Blogs
pub
Quinta-feira, 19 de Maio de 2011

Coisas que oiço e me fazem comichão

Estar numa turma só de raparigas nem sempre é fácil! Existe muita competitividade, inveja, maldade e muita dor de cotovelo. É certo que também existe muita bondade, amizade e entre-ajuda e é junto aos seres com estas últimas caracteristicas que procuro estar. Mas é impossivel não cruzar com os seres com as outras caracteristicas, até porque até descobrir do que são feitos, há sempre a abertura para os conhecer.

Enquanto as caracteristicas boas deviam ser notadas como exemplos a seguir afim de crescer e se construirem como pessoas, são analisadas para inveja e maldizer. E depois seguem comentários como os que oiço: "Ai...sempre a escreverem apontamentos nas aulas, até mete nojo!".

E como em outras situações como esta, o desprezo é o melhor argumento!

publicado por Anne Vanilla às 20:45
link do post | comentar | favorito
2 comentários:
De P a 28 de Maio de 2011 às 10:12
Há muitos anos, terminei o 12º à noite, já nos 30s. Havia várias raparigas na turma. Duas eram "as melhores amigas", andavam sempre juntas. Deixaram de se falar quando uma teve 15 e outra 17 num teste. Já nem lembro a que disciplina. Foi dos momentos que não esqueço. Até àquele acontecimento nunca me tinha apercebido da dimensão que pode alcançar a estupidez humana. Duas pessoas, aparentemente normais e que aparentemente mantém uma relação de forte amizade deixam de se falar porque uma terceira avalia diferentemente um trabalho escolar que ambas fizeram. Se ficassem zangadas com quem avaliou até entendia, mas não, zangaram-se uma com a outra! Que culpa poderia ter a que teve maior nota ? Ah, falta dizer que eram ambas casadas e com filhos. Nem sequer era coisa de adolescentes alteradas.
De Anne Vanilla a 28 de Maio de 2011 às 10:43
É porque a amizade não era tão forte assim mas sim, realmente foi uma enorme estupidez mas acontece muito...infelizmente!

Comentar post